quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Litha - 21/12


Eu me levanto hoje
Pela força dos céus
Luz do Sol
Brilho da Lua
Resplendor do Fogo
Presteza do Vento
Profundidade do Mar
Estabilidade da Terra
Firmeza da Rocha.

Que assim seja
E que assim se faça!

Litha
Agora o Rei Sol conheceu o amor total da Rainha do Verão. Por isso é que ocorre a mudança de direção. Inspirado pelo amor, ele começa uma nova busca, zarpando para a Ilha do Renascimento. Assim, o Deus do Sol míngua no mundo exterior, enquanto ganha forças em reinos interiores, como o Rei da Noite.
No solstício de verão podemos celebrar tudo isso e nos alinharmos com a mudança. Porque a nova aventura do Rei Sol é a busca do herói, concluímos o rito chamado o herói/a heroína dentro de nós mesmos. E chamamos o Deus do Sol para abençoar toda a Terra, e espantar as forças destrutivas.
Devemos entender que o heroísmo de uma bruxa não está ligado a almas ou a conquistas, mas sim à procura de coragem para curar e transformar. Em face das pressões sociais, para manter-se quieta, protestará contra a opressão, contra os danos ecológicos, contra a poluição industrial e contra a continuidade dos desastres nucleares. Como também se manifestará politicamente com heroísmo, defendendo a Mãe Terra.
A busca do herói está vitalmente ligada ao auto-exame, com um desenvolvimento interior e enfrentando seus próprios demônios, para um perfeito conhecimento de sua alma. O Deus do Sol transforma as forças destruidoras com a luz da verdade.
O solstício de verão é um tempo alegre, e sua celebração é também mágica. A Deusa nos oferece totais realizações, quando estamos abertos a ela. Ao receber seu presente, nós, como o Sol, mudamos, e nos suprimos do poder de abençoar.

A luz do Solstício de Verão é vista sobre a água
distante, sobre o mar, a água e o fogo apaziguados.
O sol zarpa para seu Outro Mundo.
Também nós buscamos uma rota nova,
pois a Rainha do Verão traz
o cálice da felicidade,
doce cálice de um desejo cumprido.
Abençoa-nos, oh, Rainha do Verão,
abençoa todas as criaturas vivas.
Agora alcançamos o ápice, a mudança ocorrerá.
Agora se desfraldam as velas do Sol brilhante.
(Rae Beth)

O Barquinho das Fadas...

Muitos acreditam que água e Fadas não combinam muito bem :D mas este encantamento é divino e amo fazer sempre que preciso da ajuda das Fadas para uma luz em meus caminhos...

Pode ser feito em uma bacia grande ou mesmo em um lago bem bonito, você irá precisar de :

velinhas palitos de aniversário
casca de nozes
glitter perolado para passar mas velinhas
 
essência de baunilha
fitas coloridas
pequeninas rosas...
incensos de flores e brisas...

Corte ao meio a velinha consagre com o coração: - coloque a vela em seu peito e sinta a energia dela e de seu coração se fundirem, converse com as Fadas, peça luz e que elas possam te ajudar a conduzir seus caminhos de uma linda forma correta e tranqüila, harmoniosa e feliz.

As Fadas amam luz e brilho, então como fizeram com a velinha façam com as fitas e o glitter, coloque nas fitas palavras de poder, sobre o que você precisa em seu caminho...
Passe muito glitter nas velinhas onde também tenha passado um pouco de baunilha e um pouco nas fitinhas e as pendure onde possam tomar muito vento – se estiver fazendo à beira de um lago, sobre uma árvore próxima.
Fixe as velinhas na casca das nozes e entre em sintonia com as Fadas... elas irão brincar na luz da velinha e no glitter que cai nas fitas...cante e dance junto com as lindas Fadas... sempre mentalizando um caminho de luz... solte os barquinhos e as rosinhas na água, e sinta a energia linda delas a brincar conosco... feche os olhos e se entregue a este encantamento... agradeça com muito carinho e felicidade no coração...
 
Carinhos mais que encantados... cheinhos de lindas magias de Pós de Fadas....

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Amuleto da prosperidade

Amuleto da prosperidade

Energize uma pedra do sol por 24h, para que pegue tanto a energia do sol como da lua.
Você vai energizar a pedra, colocando-a em um recipiente com água e sal grosso, de preferencia uma pedra pequena.
Após energiza-la, coloque dentro de um saquinho amarelo a pedra do sol, junto com um pouco de camomila, louro e cravo.
Costure o saquinho também com linha amarela, pois ele se tornará um amuleto da prosperidade.
Carregue sempre com você!
Energize uma pedra do sol por 24h, para que pegue tanto a energia do sol como da lua.
Você vai energizar a pedra, colocando-a em um recipiente com água e sal grosso, de preferencia uma pedra pequena.
Após energiza-la, coloque dentro de um saquinho amarelo a pedra do sol, junto com um pouco de camomila, louro e cravo.
Costure o saquinho também com linha amarela, pois ele se tornará um amuleto da prosperidade.
Carregue sempre com você!
https://www.facebook.com/MagiasFeiticosEPocoes

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

CONSAGRANDO SUA VASSOURA MAGICA


Para consagrar a Vassoura você necessitará de:

Um incenso de qualquer aroma;
Uma vela vermelha;
Um copo de água com sal;
Um pires com sal;

Passe a fumaça do incenso por toda a Vassoura dizendo:

Pelo ar eu te consagro.
Passe a chama da vela, enquanto diz:

Pelo fogo eu te consagro.
Respingue um pouco de água na Vassoura e diga:

Pela água eu te consagro.
Toque o cabo da Vassoura no pires de sal, dizendo:

Pela terra eu te consagro.
Pronto, sua Vassoura Mágica está consagrada e pronta para ser usada, suas cerdas ao ar, passando por todos os ambientes, enquanto visualiza a dispersão de tudo o que é velho e ultrapassado. Durante a celebração do seu Sabbat, varra o Círculo Mágico mentalizando a dissolução de todas as coisas velhas, para que assim o novo possa entrar em sua vida.

Tradicionalmente, vassouras são usados para varrer a energia negativa. Mantemos uma vassoura nas entradas externas para nossas casas, acredita-se que serve para oferecer proteção. Sabia que você não deveria trazer uma vassoura velha para uma casa nova?

Agora pense em um nome para dar para sua vassoura mágica. Isso lhe dará maior poder. Utilize o óleo de cedro para escrever o nome na vassoura no cabo de madeira com letras, runas ou outros símbolos mágicos. Faça-o três vezes. Cada vez que escrever o nome, diga:

“Consagro essa vassoura (diga o nome) aos seres feéricos e protetores..
Que assim seja!”


Dando prosseguimento, coloca-te no centro do teu Círculo Mágico. Avance no sentido horário usando tua vassoura mágica pra varrer do centro para fora. Isso significa que varrerás um círculo completo, dentro até fora. Cada que fazer para varrer, vá imaginando que a área está sendo limpa de todas as energias não desejadas.

Diga:

“Bendita seja vassoura mágica, varre para fora todo o mal, varre para fora todas as energias nocivas,
varre para que saia do círculo, de meu lar e de minha vida.”

Agora coloca-te no meio do círculo e comece a varrer para dentro toda a energia positiva e protetora. Enquanto o fazes, diga:

“Bendita seja vassoura mágica, varre para dentro o amor, varre para dentro as energias positivas, varre para dentro a alegria para dentro do círculo, do meu lar e de minha vida.”

Deixe tua vassoura mágica do lado esquerdo da porta. Coloque a vassoura sempre apoiada sobre o cabo, com a palha para cima. A vassoura mágica jamais poderá ser usada para varrer a casa, ela só pode fazer parte das atividades mágicas.

Dicas….

Você pode fazer a sua vassoura com o cabo de uma vassoura velha, amarrando nele uma erva ou planta em um dos lados do cabo, de acordo com sua intenção. Antes de usar a vassoura mágica, você deve fazer a limpeza normal da sua casa. Depois, passe a vassoura que você fez como se estivesse fazendo uma limpeza espiritual.


Veja as ervas indicadas para cada situação:

-Vassoura de palmeira: passe essa vassoura na casa e nas paredes de cima para baixo às sextas-feiras. Ela vai renovar a vida em seu lar.

-Vassoura de alecrim: Abre os caminhos e traz a felicidade.

-Vassoura de citronela: traz amigos e ajuda a arrumar namorado. Varra toda a casa, até os quartos, às quartas-feiras. Os anjos adoram citronela!

-Vassoura de chorão: para ter mais coragem.

-Vassoura de capim-limão: combate o nervosismo e protege contra inveja.

- Vassoura de erva-cidreira: tem efeito calmante.

- Para acabar com as brigas no lar: Pegue uma vassoura, retire o sintético e no lugar coloque palmeira ou alecrim, amarrando na vassoura. Passa nas paredes às segundas-feiras.

- Para insônia: usar vassoura de cidreira, varrendo o quarto da pessoa.

- Para alcoolismo: usar vassoura com ramo de alecrim, boldo e guine às sextas-feiras.



Você também pode fazer uma mini vassourinha para colocar na entrada da porta, mas sempre do lado esquerdo. Pendure e deixe lá até o próximo Halloween e troque a vassourinha. A antiga queima-la para ajudar a retirar as coisas ruins que ela guardou durante o ano.

Você vai precisar de:

1. Raminhos das ervas escolhidas podem ser comprados em sua mercearia local.
2. Um cabo de canela ou um pequeno galho aproximadamente 10 a 20 cm de comprimento. É bom fazer com galhos caídos de arvores naturalmente. Segundo a lenda, se você remover qualquer coisa de uma árvore a crescer, você precisa oferecer algo diferente (como um pequeno cristal) em troca como agradecimento.
3. Cordinhas de sisal para envolver seus ramos.
4. Uma fita para amarrar com laço. A fita é opcional, podem ser nas cores do seu elemento
5- Querendo acrescente símbolos mágicos (pentagrama, pedras,etc…)
Amarre bem os raminhos no galho e aperte com a cordinha de sisal bem apertadinho. Se preferir acrescente o laço na vassourinha para enfeitar. BOA SORTE.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Magias para o mês de Novembro

Se você está procurando fazer trabalhos mágicos no mês de novembro, aqui estão algumas correspondentes para fortalecer e incrementar os seus trabalhos:
os signos do zodíaco correspondentes a novembro incluem Escorpião e Sagitário. A pedra é topázio e a flor é crisântemo. Os n
úmeros da sorte para o mês são 2 e 11.
Ao trabalhar com a cor em novembro, use o preto, cinza, verde-mar, roxo, branco ou amarelo.
Se você está à procura de pedras para trabalhar com este mês, use âmbar, ametista, citrino, olho de tigre ou topázio. Levar uma ou mais consigo, usá-los em uma bolsa mágica, ou colocá-la neste mês no parapeito de uma janela para carregar durante todo o mês.
Escolha uma ou mais para pesquisa e adicionar ao seu livro das sombras.
Animais de novembro incluem o morcego, castor, veado, cachorro, falcão, ganso, gavião, coruja, corvo, o veado branco, e o lobo. Para incorporar esses animais, coloque uma estátua ou foto do anima de sua escolha no seu altar ou leia sobre como eles podem ser usados ​​como animais totêmicos.
Criaturas míticas para o mês são compostos de banshees, unicórnios e fadas subterrâneas.
As melhores plantas para trabalhar durante o mês de novembro são maçã, crisântemo, gengibre, lúpulo, artemísia, noz-moscada, carvalho, pinheiro e/ou alecrim.
Mantenha um pequeno pote de um no seu altar, adicionar um ou mais para a sua bolsa mágica, pesquisá-las, planeje receitas plano com eles ou faça uma infusão deles para adicionar à sua água de limpeza.
Incenso de novembro?
Uma mistura de alecrim, resina de sangue de dragão e gengibre.
Deusas associadas a novembro são Baba Yaga, Bast, Cailleach, Cerridwen, Diana, Freya, Hekate e Kali. Deuses incluem Crom Cruach, Cernunnos e Osíris.
Traga divindades em suas observações mensais acrescentando sua imagem ao altar, pesquise-os, ou deixe alimentos que são sagrados para eles em seu altar ou fora do espaço sagrado.
Lua cheia de novembro tem muitos nomes diferentes:
■ A Lua Maçã (Apalache)
■ Lua Ancestral
■ Lua Despensa (Stregheria)
■ Lua dos Mortos
■ Lua do Luto (Neo-Paganismo)
■ Lua Verdadeira
■ Lua Branca (chinês)
Use a energia da lua cheia de novembro para banir pensamentos negativos, magia doméstica, cura, amor, fertilidade, proteção para as crianças, transformação e trabalhar com os seus antepassados.
 

Este artigo é copyright do autor e não pode ser reproduzido, republicado ou copiado sem expressa autorização por escrito.Fontes:
O Livro dos Dias Pagãos, de Nigel Pennick
Almanaque dos Agricultores 2011
Referência do Conjurador, de Eileen Holanda

Dica de bruxa!

Quando for limpar a casa, faça como nossos ancestrais, arejando roupas e calçados, espanando as teias da estagnação e a poeira do passado. Arrume seus armários, desfazendo-se do que não usa mais. Abençoe seus utensílios de limpeza (vassouras, espanadores, aspirador, baldes) para que possam limpar não só a sujeira física, como também a astral. Finalize com uma oração para sua própria limpeza psíquica e energética.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

25 de setembro - Celebração do dia


Pyanopsia, na Grécia, a Festa dos Feijões, comemorando as belas deusas das estações chamadas Horae ou Horas. As Horas eram filhas de Themis e Júpiter, chamadas de Porteiras do Céu e encarregadas de abrir e fechar as portas do tempo. Originariamente eram apenas três: Eunominia, da boa ordem; Diceia, da justiça e Eirene, da paz. Posteriormente, foram relacionadas às
estações e acrescentaram-se mais duas: Carpo e Thelete, as guardiãs dos frutos e flores. Quando os gregos dividiram o dia em doze partes iguais, o número delas foi aumentando para doze e foram chamadas de “as doze irmãs”: Acme, Auxo, Anatole, Carpo, Diceia, Dysis, Eirene, Eunomia, Euporia, Gymnasia, Thelete e Talo. As Horas presidiam a educação das crianças e regulavam a vida dos homens. Antigamente eram representadas coroadas com folhas de palmeiras, depois, nos tempos modernos, com asas de borboletas e segurando ampulhetas e relógios.
Na Groenlândia, Alaske e Sibéria, comemoração esquimó da deusa Sedna, a protetora dos mares profundos, senhora da vida e da morte, nutridora e guardiã de seu povo, desde que ele respeitasse suas leis. Após serem abatidas, as almas dos animais deveriam permanecer junto a seus corpos por três dias, para levarem informações para a Deusa sobre o comportamento dos homens. Se suas leis fossem infringidas, ela punia os homens com doenças, fome e tempestades.
Celebração dos Serafins, os anjos da sabedoria. Na Cabala, os Sephiroths são os dez atributos ou emanações do Divino, sendo reverenciados no Oriente próximo e na Espanha, antigamente. A Mãe Primordial dos Sephirots é Sephira, que, junto com Binah e Chokmah forma uma tríade, sendo identificada, às vezes, como Sophia, por ser chamada de “A Divina Inteligência”.
Festa budista para o Bodhisattva da Sabedoria.

Anuário da Grande Mãe

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Oração à Grande Mãe

Que hoje haja PAZ dentro de mim, que eu possa confiar no poder mais alto que é a Deusa, pois estou exatamente onde devo estar. Que seja feita a vontade da Deusa!!
Nossa Mãe, que eu não esqueça as possibilidades infinitas que nascem da FÉ, que eu possa usar estas bênçãos que são dadas, que eu possa me sentir satisfeita sabendo que sou filha da Deusa, e, permita-me Senhora que sua presença se estabeleça em meus gestos de FÉ a minha alma a liberdade para cantar e dançar e se aqueçam na LUZ que está aqui para todos nós!!!

Que Assim Seja!!!!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Início da “Panathenea”, o festival dedicado à deusa Athena


Durante seis dias, promoviam-se competições musicais, concursos de poesias, corridas de cavalos e carruagens, demonstrações de atletismo, boxe, ginástica e danças. Ao contrário de outros festivais esportivos, este tinha um significado religioso. Os ganhadores recebiam ânforas com azeite extraído das oliveiras sagradas e eram coroadas com guirlandas de ouro. No final, a multidão seguia em procissão, carregando tochas e oferendas para o templo da deusa Athena, na Acrópolis, colocando novas roupagens nas estátuas da deusa.
Comemoração grega da deusa Rhea, a Mãe das Montanhas. Rhea era uma antiga deusa cretense da Terra, reverenciada com procissões de címbalos, flautas, tambores, tochas acesas e “labrys”, as machadinhas de duas lâminas em forma de borboleta, representando a fertilidade da terra

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Hoje, 27/06/2012 - Entrada da Lua Crescente

Momento apropriado para a magia positiva.
É a fase ideal para se chamar as energias positivas e praticar os rituais de prosperidade, de sucesso em empreendimentos, de desejo sexual, de atração, mudanças positivas.
Os feitiços a praticar nesta fase são aqueles que visam atrair coisas boas para si, e crescimento, material, espiritual e amoroso.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Mabon – A Segunda Colheita



Mabon é o segundo dos três Sabbats da colheita.
A Deusa esta agora fortemente impregnada pela energia do Sol, que a cada dia parte mais rápido para o País de Verão. Conforme o poder dela diminui, a Deusa lamenta sua partida, mas ela sabe que o poder do Deus retornará à Terra em Yule. a Deusa e o Deus são honrados através de novas oferendas da segunda colheita. é o momento de agradecer pelas abundantes colheitas e o maravilhoso ano de aprendizado e lições oferecidas.
Mabon é um período positivo para honrar os Ancestrais e o Espírito da Terra.
Os temas desse Sabbat é o equilibrio e ação de graças. é tempo de dar graças pelos frutos colhidos, e a Deusa é a Senhora de Abundância cuja colheita nos sustentará pelos meses escuros do Inverno, assim como refletir sobre nós mesmos, sobre o equilíbrio da escuridão e da luz e se esforçar para manter o equilíbrio interno.
Também é hora de meditar sobre projetos, a escolha das sementes (nossos sonhos) que serão plantadas no próximo ano, além de agradecer pelas realizações do ano que passou. Mabon também marca a morte do Deus que esta por vir. é um gesto tradicional a passagem do Cálice da Gratidão nesse banquete. Um cálice repleto de vinho é abençoado e passado a cada integrante da mesa. Quando tiverem agradecido por todas as bênçãos, eles bebem e passam o cálice adiante. Isso continua até a Taça esvaziar, bebendo em amor, bênçãos e gratidão a tudo.
Considerando que esse é um dos dois dias de equilibrio no ano, juntamente com Ostara, é tradicional limpar a casa. É nesse momento que você começa a obstruir toda desordem ao redor de seu lar. as portas da casa são abençoadas para protegerem aqueles que vivem dentro dela. Magicamente falando, esse é um bom tempo para executar sortilégios ao redor da idéia de balanceamento da vida, de remover as culpas e substituir por carinho e aceitação.

Correspondências de Mabon

Cores – marrom, verde, amarelo e vermelho
Deuses
– do vinho e da colheita
Ervas
– alecrim, calêndula, sálvia, folhas e cascas, camomila, girassol, trigo, folhas de carvalho, maça ou semente de maçã.
Pedras
– citrino, topázio amarelo, olho de gato, aventurina.

Atividades

- fazer uma cornucópia da prosperidade -fazer bonecas de maçãs
- fazer vassouras mágicas
-fazer amuletos
- encher uma tigela com fruas e folhas e oferecer aos deuses
Comidas e bebidas – abóboras, todos os tipos de grãos, pães, bolos, todos os tipos de raízes, batatas,
nozes, sidra com canela e vinho.
Adriana Zampolli

quinta-feira, 12 de abril de 2012

SER BRUXA...


SER BRUXA...

Ser Bruxa é estar em comunhão com a natureza...
É deixar que o fluxo da vida nos ensine a Caminhar na Luz!
As vezes apendemos da forma mais dura...
Porque teimamos em ouvir apenas o nosso EGO!
Muitas vezes não nos importando com os que estão a nossa volta!
Tentar encontrar o nosso Caminho já uma tarefa bem difícil...
Achar que temos o direito de obrigar os outros a seguir o nosso...
É nosso maior ERRO!
Muitos acham que as bruxas estão sempre fazendo feitiços para mal dos outros...
Mas na verdade, uma bruxa sabe que ela só terá sucesso se seguir as Leis da Natureza!
O BEM é criativo em sua essência...
Gera...
Dá frutos...
Se multiplica...
Constrói!
O MAL é destrutivo em sua essência...
Degenera...
Apodrece...
Mata...
Destrói a si mesmo!
E essa é a primeira coisa que devemos aprender antes de querermos nos tornar Bruxos!
Mas muitos se iludem com suas “boas intenções”
Mães que impedem o livre arbítrio de seus filhos estão praticando o pior tipo de Magia!
E aquelas que os acolhem com carinho na dor... mesmo, depois de já o terem alertado...
Praticam a Maior e Melhor Magia: O AMOR!
Ser bruxa é saber a essência da vida...
Seguir suas regras...
Chorar nos erros e aprender!
Sorrir nas adversidades...
Sabendo que tudo é cíclico!
Ser Bruxa é sonhar com um mundo de Harmonia...
Em que o Homem saiba que é apenas mais um nessa “Corrente de Evolução”.
Que deve respeitar seu Planeta...
Seus irmãos em vida...
A Hierarquia da existência!
Ser Bruxa...
É mexer o caldeirão...
Fazer sua melhor comida...
E abrandar a fome dos que precisam!
Dar o melhor conselho...
Abraçar os que choram e mostrar que o Sol vai continuar brilhando para eles!
É ajudar a curar...
Os males do corpo, do coração e da alma!
É seguir princípios...
Regras...
Valores...
Sem deixar que isso as impeça de serem LIVRES!
De pensarem por si mesmas!
E buscarem sua própria Luz!
Ghaya (Dayse Nicodemos)
12/04/2012

quarta-feira, 28 de março de 2012

Amor se faz na cozinha

... No aconchego do fogo aprendi que a cozinha não é um espaço destinado apenas aos cozimentos...
Nela aprendi a dançar, a criar perfumes e óleos aromáticos, a elaborar unguentos e filtros com vinhos, azeites, vinagres flores e ervas...
Aprendi a arte dos sonhos, a misturar desejos com ervas, com farinha e ovos e assá-los no forno do velho fogão...
Na cozinha me foram passadas as primeiras lições de magia...
Ela me iniciou, me revelou os mistérios e a sacralidade da Mãe Natureza, aquela que cozinha num enorme caldeirão de estrelas...
É na cozinha que a Grande Mãe se encontra em perfeita harmonia com os quatro elementos, os cincos sentidos e as iluminações do amor...
É nela que a água se integra à terra e dá origem às lamas saborosas e aromáticas...
Dentro dela o fogo arde no coração dos amantes, e o vento arrepia os pêlos da luxúria...
Na cozinha o alimento é misturado aos desejos e delírios das pessoas, originando filtros que unem os amantes e inspiram os encantamentos dos poetas...
Toda vez que leio Homero, transfiro as tramas das Deusas para a cozinha, onde aprendi os primeiros segredos da sedução...
Coloco as máscaras de Afrodite no rosto e num passe de mágica me transformo na Deusa que incendiava o coração dos gregos...
Na minha Grécia os mares são sempre azuis, verdes e acolhedores...
Nas areias, o sol se estende como uma toalha que acolhe os alimentos...
Vez por outra, as Nereidas emergem das águas e se juntam ao meu rebolado...
No amor e na cozinha há de se comer sempre com os olhos...
passear a língua sobre os lábios e engolir todos os liquidos da gula...
By Marcia Frazão

Dicas mágicas


- Para o dinheiro, fazer na lua crescente: colocar 9 moedas douradas novas (bem brilhantes) e três folhas de louro num saquinho de veludo roxo e amarre-o com uma fitinha verde. Consagre na lua crescente com uma vela branca. Passe na fumaça de incenso de canela e guarde na sua bolsa. Troque somente no próximo ano nesta mesma época.
- Para o amor: separe 21 sementes de mamão e coloque-as num pratinho deixando-as ao sereno. De manhã recolha coloque num saquinho de veludo vermelho com uma foto do casal e guarde no altar da casa. Isto é para dar harmonia e paz ao casal.
- Para proteção: consagre uma espada de São Jorge na lua crescente com um copo de água do lado. No dia seguinte colocar a espada na porta de entrada da casa e a água deve ser borrifada por toda a casa.

terça-feira, 27 de março de 2012

Sou da Lua


SOU DA LUA
"Sou da Lua, da Lua eu vim...
Encantos, feitiços com ela aprendi
Sou única, sou bruxa, sou fases, sou Lua
Protejo de longe, energizo você,
Guardo seus passos, influencio seus atos
Seu banho revigoro, recarrego energias
Mudo de fases para mostrar amor por você
Lua Branca ilumina meu rastro, para não te perder
Lua Azul vibra meus encantos,
Enfeitiça meu amor para nunca esquecer.
Clareia a vida, minhas noites mal dormidas
Quando penso em você.
Céu estrelado, lua de fases, cheia de amor por você. Vem!
Te espero na imensidão do espaço seguindo meus passos, já sou toda sua...
Sou Bruxa da Lua"

segunda-feira, 12 de março de 2012

CÓDIGO DE HONRA DAS MULHERES CELTAS




” As mulheres de origem celta eram criadas tão livremente como os homens.

A elas era dado o direito de escolherem seus parceiros e nunca poderiam ser forçadas a uma relação que não queriam.

Eram ensinadas a trabalhar para que pudessem garantir seu sustento, bem como eram excelentes amantes, donas de casa e mães.

Assim aprendiam:

“- Ama teu homem e o segue, mas somente se ambos representarem um para o outro o que a Deusa Mãe ensinou: amor, companheirismo e amizade.

Jamais permita que algum homem a escravize. Você nasceu livre para amar, e não para ser escrava.

Jamais permita que o seu coração sofra em nome do amor. Amar é um ato de felicidade, por que sofrer?

Jamais permita que seus olhos derramem lágrimas por alguém que nunca fará você sorrir.

Jamais permita que o uso de seu próprio corpo seja cerceado. Saiba que o corpo é a moradia do espírito, por que mantê-lo aprisionado?

Jamais permita que o seu nome seja pronunciado em vão por um homem cujo nome você sequer sabe.

Jamais permita que o seu tempo seja desperdiçado com alguém que nunca terá tempo para você.

Jamais permita ouvir gritos em seus ouvidos. O Amor é o único que pode falar mais alto.

Jamais permita que paixões desenfreadas transportem você de um mundo real para outro que nunca existiu.

Jamais permita que outros sonhos se misturem aos seus, fazendo-os virar um grande pesadelo.

Jamais acredite que alguém possa voltar quando nunca esteve presente.

Jamais permita que seu útero gere um filho que nunca terá um pai.

Jamais permita viver na dependência de um homem como se você tivesse nascido inválida.

Jamais se ponha linda e maravilhosa a fim de esperar por um homem que não tenha olhos para admirá-la.

Jamais permita que seus pés caminhem em direção a um homem que só vive fugindo de você.

Jamais permita que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar o brilho dos seus olhos a dominem, fazendo arrefecer a força que existe em você.

E, sobretudo, jamais permita que você mesma perca a dignidade ser mulher.”

quinta-feira, 8 de março de 2012

Celebração do Dia - 08 DE MARÇO



Parabéns Mulheres, filhas da Grande Mãe, responsáveis pela volta das Deusas a Terra e pela manutenção da chama do amor e da fé no coração da humanidade.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Poder

"O poder da uma bruxa já está dentro de nós , mas como aprendemos a manifestar este poder varia de pessoa a pessoa. A Deusa dá a todos o poder - mas está em nós desenvolvê-lo."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...